Conheça os benefícios
Energia renovável ao seu alcance
O caminho certo para o planeta
Energia Fotovoltaica

O Brasil é um país privilegiado por receber elevados índices de radiação solar, o que eleva o potencial gerador da energia fotovoltaica.

A energia fotovoltaica é barata, abundante, limpa e confiável, caracterizando-se por uma fonte de energia alternativa aos combustíveis fósseis, que são os maiores responsáveis pelas mudanças climáticas no planeta.

Descubra mais

Assista ao vídeo do Instituto Ideal e conheça mais sobre energia fotovoltaica.

Conheça as opções!
Encontre a opção ideal para você e o seu bolso!
Faça parte do grupo de brasileiros que usam energia solar
Peça já o seu orçamento grátis!
background
Perguntas Frequentes

Esse sistema permite que a energia excedente gerada pela unidade consumidora com micro ou minigeração seja injetada na rede da distribuidora, a qual funcionará como uma bateria, armazenando esse excedente. Quando a energia injetada na rede for maior que a consumida, o consumidor receberá um crédito em energia (kWh) a ser utilizado para abater o consumo em outro posto tarifário (para consumidores com tarifa horária) ou na fatura dos meses subsequentes.

Os créditos de energia gerados continuam válidos por 60 meses. Há ainda a possibilidade de o consumidor utilizar esses créditos em outras unidades previamente cadastradas dentro da mesma área de concessão e caracterizada como autoconsumo remoto, geração compartilhada ou integrante de empreendimentos de múltiplas unidades consumidoras (condomínios), em local diferente do ponto de consumo.

Independente do tamanho do sistema a ser instalado é importante ressaltar que, para unidades consumidoras conectadas em baixa tensão (grupo B), ainda que a energia injetada na rede seja superior ao consumo, será devido o pagamento referente ao custo de disponibilidade – valor em reais equivalente a 30 kWh (monofásico), 50 kWh (bifásico) ou 100 kWh (trifásico). De forma análoga, para os consumidores conectados em alta tensão (grupo A) será devida apenas a parcela da fatura correspondente à demanda contratada.
O inversor possui um sistema chamado anti-ilhamento que é responsável por cessar o fornecimento de energia do sistema fotovoltaico para a rede elétrica. Isso se faz necessário pois sem esse mecanismo poderia haver falhas técnicas e de segurança, tanto para a equipe de manutenção do sistema elétrico quanto ao próprio sistema de geração distribuída e aos equipamentos conectados à rede. Assim, em caso de queda no fornecimento de energia pela distribuidora, o sistema de geração solar também não funciona.
Na maioria das vezes não há necessidade de obras civis. Normalmente os telhados tem capacidade de sustentar os módulos fotovoltaicos e a conexão com a rede é apenas elétrica.
A manutenção dos módulos fotovoltaicos e dos demais equipamentos poderá ser feita por uma equipe especializada da Sharenergy, que fará a limpeza correta dos módulos, verificação das conexões elétricas e demais ajustes necessários para o correto funcionamento do sistema.

Os principais componentes do sistema são os módulos fotovoltaicos, que captam a energia proveniente do sol e a transformam em corrente contínua, e os inversores, que transformam a corrente contínua em corrente alternada que é usada nos nossos equipamentos elétricos.

A maioria dos fabricantes dos módulos fotovoltaicos garantem a vida útil dos equipamentos por no mínimo 25 anos. Já para os inversores, é recomendada a troca em cada 10 a 15 anos.

Comece a usar energia solar!
Preencha o formulário e obtenha um orçamento grátis

Sua conta de luz é usada no dimensionamento do seu sistema fotovoltaico. Seus dados estão seguros conosco e são utilizados exclusivamente para a elaboração do seu projeto.

Blog
Veja as últimas notícias sobre a energia solar