No momento atual do nosso país convivemos com constantes aumentos nas nossas contas de energia. Esses aumentos, além de impactarem diretamente nos custos das empresas e residências, frustram também qualquer planejamento. Uma estratégia para sofrer menos com tais aumentos é buscar alternativas para compensar o aumento na tarifa com alternativas para economizar energia. Além de economizar energia, a própria escolha correta do modelo tarifário pode representar uma redução significativa nos custos com energia elétrica.

Dessa forma, esse artigo irá abordar as oportunidades existentes para economizar energia, seja por mudança de estrutura tarifária, adequação comportamental e melhoria de processos, equipamentos ou infraestrutura.

O modelo tarifário ideal

Um primeiro passo para se ter um gasto eficiente com energia elétrica é escolher a estrutura tarifária ideal. Entre os consumidores de baixa tensão e os consumidores de média tensão, possuímos no Brasil mais de 10 estruturas tarifárias distintas (Para conhecer melhor sobre as diversas modalidades tarifárias acesse o link).

É claro que cada tarifa se aplica a determinado perfil de consumidor, porém, frequentemente, um mesmo consumidor pode optar entre mais de um tipo de tarifa. A escolha certa do modelo tarifário pode representar economias acima de 20% na conta de energia.

Para ajudar você a identificar seu potencial de redução da conta de luz com a adequação tarifária, a equipe da Sharenergy preparou uma planilha que irá estimar, através do seu perfil de consumo atual, quanto você poderia economizar todos os meses. Para fazer download dessa planilha clique aqui.

Como economizar energia através da educação comportamental

Quantas vezes já escutamos uma mãe chamando a atenção do filho:

– Apaga a luz ao sair do quarto.

– Não deixa a TV ligada.

E uma série de outros alertas. Esse processo nada mais é do que um processo de educação e uso consciente de energia elétrica. O mesmo processo deve acontecer na sua empresa.

Uma luz acesa desnecessariamente, um computador que não foi desligado de um dia para o outro ou um ar condicionado ligado em um dia frio. Todos esses itens podem parecer pequenos quando observados de forma isolada, mas imagine o impacto que computadores ligados durante a noite teriam na empresa da imagem abaixo:

Esse efeito se multiplica quando tratamos de empresas onde a atividade fim é grande consumidora de energia. Isso ocorre, por exemplo, em empresas que dependem de refrigeração como, frigoríficos, laticínios, supermercados, padarias e tantas outras. Muitas vezes observamos três freezers semelhantes ligados, em que cada um deles apresenta só metade da sua carga ocupada. Um simples remanejamento dos produtos poderia refletir no desligamento de um desses freezers. Novamente o efeito se multiplica à medida que o número e a potência dos equipamentos aumenta. De maneira semelhante ao caso dos computadores, imagine o impacto que esse desvio comportamental pode causar nas contas de energia da empresa da imagem abaixo:

Câmara fria para flores. Fonte: http://www.tonish.com.br/camara-fria-flores

Esses são apenas alguns exemplos de mudanças comportamentais que podem resultar em grande economia de energia. É claro que cada empresa possui suas especificidades e, por isso, demanda um estudo de uma consultoria especializada para identificar as reais oportunidades existentes. De qualquer maneira já fica o ensinamento da mãe lá começo desse tópico, o primeiro passo para ajustar os comportamentos é a vigilância constante.

Gestão da energia e a economia de energia

Avançando para um ponto um pouco mais complexo, as adequações nos processos e infraestrutura da empresa podem representar ganhos enormes para economizar energia. Essas adequações vão desde processos simples, como substituição da iluminação por lâmpadas LED, até situações mais complexas, como automação do processo produtivo.

Para saber quais ações produzirão mais impacto na redução do seu consumo de energia é importante conhecer e acompanhar o seu padrão de consumo. Isso pode ser feito através da gestão da energia, que consiste em medir o consumo de energia e coletar dados relevantes, identificar oportunidades para economizar energia, atuar convertendo as oportunidades em resultados concretos e acompanhar os resultados analisando os dados medidos e mantendo as melhorias encontradas.

Deslocamento do horário produtivo

Um bom começo é a adequação do horário produtivo às características da tarifa horo-sazonal. Se sua empresa é tarifada dessa forma, saiba que em um período de 3 horas por dia, determinado por cada concessionária, a tarifa de consumo de energia elétrica pode chegar a 5 vezes o valor cobrado nas outras 21 horas do dia. Dessa forma, ajustar seu processo para deslocar o consumo dessas 3 horas para as outras 21 horas do dia pode representar grande economia ao final do mês. Com a criação da tarifa branca, essas medidas também podem representar economia para pequenos consumidores, como residências.

Arquitetura aliada à economia de energia

No que diz respeito à iluminação e climatização, as mudanças vão muito além do uso de lâmpadas LED e ar-condicionados eficientes. Um projeto adequado, que permita iluminação natural, circulação de ar e um bom isolamento térmico trazem grandes resultados. Medidas simples e baratas, como a utilização de cores claras e o correto posicionamento do aparelho de ar condicionado já podem representar bons resultados.

Equipamentos eficientes para economizar energia

Já um procedimento que demanda um pouco mais de investimento mas apresenta ganhos bastante significativos é a substituição dos equipamentos. Equipamentos mais modernos comumente são mais eficientes e consomem menos energia do que os antigos. Ao estudar a possibilidade da troca de um motor elétrico, por exemplo, deve-se levar em conta não só os ganhos no processo, como também o potencial de redução de consumo de energia. O mesmo se aplica à iluminação, refrigeração e todos os aparelhos elétricos. Um bom começo é analisar o selo PROCEL do equipamento antes de adquiri-lo. Criado pelo Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica – Procel, esse selo tem como objetivo permitir ao consumidor conhecer, entre os equipamentos à disposição no mercado, os mais eficientes em relação ao consumo energético.

Outro ponto extremamente importante e, muitas vezes, negligenciado é a adequada manutenção dos equipamentos. Equipamentos sem manutenção tendem a ser menos eficientes, representando gastos desnecessários. Uma câmara fria com vedação ineficiente, por exemplo, representa maior tempo de compressor armado, resultando em maior consumo. Um motor com lubrificação inadequada, irá apresentar maior resistência ao giro, resultando também em maior consumo. Até mesmo fiação antiga e mal dimensionada, pode apresentar resistência à circulação de corrente elétrica, representando aquecimento e, consequentemente, desperdício de energia elétrica.

Geração própria de energia

O recurso com maior impacto na redução da conta de energia é, sem dúvida, a geração própria de energia. Dependendo da estrutura tarifária do consumidor, um sistema de geração própria é capaz de gerar economia de mais de 90% na fatura de energia elétrica. Para essa finalidade, a tecnologia mais utilizada é a solar fotovoltaica.

Entre as vantagens do sistema de energia solar fotovoltaica está a “gratuidade” do seu insumo, a luz solar, e o baixo custo de manutenção. O investimento em um sistema fotovoltaico, embora relevante, se tornou viável financeiramente nos últimos anos, apresentando um tempo de retorno médio do investimento entre 3 e 7 anos. Além disso, o surgimento de linhas de financiamento acessíveis, têm permitido sistemas com retorno de investimento ainda menores, em alguns casos zero meses (as parcelas do financiamento ficam menores do que a economia na conta de energia).

Para adoção das medidas mais eficientes para economizar energia, é importante contratar um especialista capaz de identificar as melhores oportunidades e elaborar um plano de ação para a redução da sua conta de energia.

Precisa de mais informações?

Entre em contato conosco. Estamos preparados para lhe ajudar a economizar energia.

Assine nossa newsletter e fique por dentro das notícias sobre a energia solar!