Todos os dias, em todas nossas atividades que ocorrem na parte da manhã e da tarde, estamos banhados sobre uma fonte de energia inesgotável – o Sol. A radiação solar é uma das responsáveis pela existência da vida na terra e várias atividades do ser humano giram em torno da energia proveniente do sol. E, com o avanço científico e a criação de novas tecnologias, já é possível captarmos essa luminosidade e a canalizarmos para uso em nosso cotidiano, como no aquecimento de água e na produção de energia elétrica. Com o intuito de contribuir com a educação do leitor e passar informações assertivas sobre o assunto, preparamos este artigo com as principais diferenças entre o aquecimento solar e a energia fotovoltaica.

Como podemos utilizar a energia do sol?

O sol é uma fonte de energia extremamente abundante porque ele permanece irradiando luz de 10 a 14 horas durante o dia aproximadamente, dependendo da estação do ano. E visando o aproveitamento mais eficiente dessa fonte inesgotável, criaram-se algumas formas de obtenção de energia elétrica e térmica a partir do sol, de forma que possa nos auxiliar nas nossas atividades diárias. Como por exemplo:

  • Tecnologia Fototérmica: Captação e transferência do calor proveniente da luz do sol para água e outros fluídos.
  • Tecnologia Fotovoltaica: Conversão direta da luz do sol em energia elétrica através do uso de células fotovoltaicas.

Podemos ver então que a irradiação dessa fonte de energia pode ser utilizada para vários fins, tanto para aquecimento solar de banho e piscinas quanto também para geração de energia elétrica.

Nos próximos tópicos desse artigo vamos entender melhor as diferenças entre essas duas tecnologias.

Diferença entre Aquecimento Solar e Energia Fotovoltaica

Aquecimento Solar

O aquecimento solar é um sistema composto basicamente por um coletor solar e um reservatório térmico. Ele tem a função de esquentar a água que é utilizada em casa. Esse aquecimento ocorre de forma simples: A água fria que sai da caixa d’água é levada por uma tubulação até o boiler. Então, ela é levada para o coletor solar que absorve a radiação térmica do Sol — o calor — e aquece a água. Já quente, a água volta ao reservatório térmico, onde fica armazenada até o momento da utilização.

Nos aquecedores convencionais a água circula por um sistema de termossifão. Isso quer dizer que, como a parte aquecida da água é menos densa, ela é facilmente empurrada pela fria, promovendo a circulação.

Energia Fotovoltaica

Já a energia solar fotovoltaica, consiste na conversão da energia solar diretamente para energia elétrica. Para que isso seja possível, os módulos fotovoltaicos convertem a energia dos fótons da luz do sol. Assim, um módulo fotovoltaico nada mais é que um conjunto de células fotovoltaicas associadas em série e depois encapsuladas, que são responsáveis por transformar a luminosidade do sol em energia elétrica.

A energia nos módulos é gerada em corrente contínua e é transportada para o inversor que a converte em corrente alternada. Esse é o tipo de corrente utilizado na maioria dos equipamentos elétricos residenciais. Quando houver demanda, a energia gerada pode ser consumida instantaneamente no local da instalação do sistema.

Quando não houve consumo, a energia excedente é injetada na rede da concessionária de energia, passando por um medidor que registra a energia que entra e a que sai da unidade consumidora. Assim, a energia excedente é calculada e transformada em créditos. Tais créditos poderão ser utilizados quando o sistema não estiver gerando energia ou quando a energia gerada não for suficiente para atender consumo da residência. Veja em mais detalhes os equipamentos que compõem o sistema fotovoltaico.

Funcionalidades: Aquecimento Solar x Energia Fotovoltaica

É importante lembrar que a primeira diferença entre aquecimento solar e energia solar fotovoltaica é a aplicação de cada tecnologia. Enquanto o aquecimento solar tem como objetivo o aquecimento de água, o sistema fotovoltaico produz energia elétrica para todos os equipamentos e funcionalidades que dependem de eletricidade na sua casa. Incluindo, água aquecida através de resistência.

Há também diferenciação na instalação dos equipamentos: Um Sistema de aquecimento solar é, basicamente, uma instalação hidráulica caracterizado pela passagem de água aquecida em tubulações especiais (resistentes ao calor), revestimentos e sistemas de mistura de água quente e fria.

Se a residência não foi construída para receber um sistema de aquecimento solar, serão necessárias obras para a instalação das tubulações e dos misturadores de água. Isso significa, na maioria das vezes, a tão temida “quebradeira” de paredes, teto e piso.

Os coletores solares térmicos (placas solares de aquecimento) são mais pesados, pois trabalham com água em seu interior. O reservatório térmico necessita de grande espaço para sua instalação, e existem modelos que podem ficar acima do telhado da casa, o que costuma não ter um bom aspecto visual.

A instalação de um sistema solar fotovoltaico é elétrica e também engloba a instalação mecânica, considerando a fixação dos módulos e do inversor. É possível instalar todos os cabos, de corrente contínua e alternada, e eletrodutos sem precisar quebrar as paredes do local. Todas as fiações são instaladas harmonicamente desde a saída do módulo até a sua conexão com o inversor.

No sistema solar fotovoltaico residencial interligado à rede (sistema fotovoltaico on-grid) não é necessária a utilização de baterias. A própria rede é utilizada como uma espécie de bateria, dando estabilidade à utilização de energia na residência.

O fato de não necessitar de baterias possibilita uma economia muito grande com baixos custos de manutenção, já que não é necessário trocar baterias regularmente. Essas são apenas algumas das inúmeras vantagens dos sistemas fotovoltaicos on-grid.

Diferença entre Coletor Solar e Módulo Fotovoltaico

Coletor Solar

Os coletores solares são fabricados com matéria-prima nobre, como o cobre e o alumínio. Recebem um isolamento térmico e ainda vedação com borracha de silicone. Eles têm cobertura de vidro liso e são instalados sobre telhados ou lajes, sempre o mais próximo possível do reservatório térmico.

Módulo Fotovoltaico

São placas compostas por células solares, que possuem a capacidade de converter a luz do sol em energia elétrica. Geralmente ficam dispostos nos telhados dos imóveis e conectados aos outros componentes do sistema por meio de cabos elétricos. Diferentemente dos coletores, não há circulação de água pelo seu interior e pode ser instalada num local que já possua um sistema de aquecimento solar.

 

Em linhas gerais, esses são os principais aspectos das diferenças entre o aquecimento solar e a energia fotovoltaica. E aí? Ficou mais alguma dúvida sobre a diferença entre as duas tecnologias? Faça sua pergunta nos comentários que responderemos em breve!

Assine nossa newsletter e fique por dentro das notícias sobre a energia solar!